Continuo a série sobre inserir imagens em documentos com a segunda parte de como inserir imagens em parágrafos.

Esta segunda forma de realizar esta tarefa é, para mim, muito melhor porque dá uma maior liberdade de configuração do texto que acompanha a imagem e também porque a própria apresentação da imagem é muito mais personalizável.

Começamos então por introduzir no preâmbulo a linha que chama o package picins:

\usepackage{picins}

Depois no corpo do texto, antes do parágrafo que deverá acompanhar a imagem colocamos a nossa imagem:

\parpic(lar., alt.)(x,y)[opções][posição]{parágrafo}

Aqui temos as várias opções que nos permitem fazer a tal personalização de que falava antes:

  • lar. e alt. definem a largura e altura da caixa que rodeia a imagem.
  • x e y marcam o deslicamento da figura relativamente à moldura (sinceramente ainda não encontrei razão para colocar valores aqui).
  • Na parte seguinte podemos colocar duas opções, uma de cada grupo que se segue:

1º grupo

  • l – coloca a imagem na parte esquerda do parágrafo
  • r – coloca a imagem na parte direita do parágrafo

2º grupo

  • f – para inserir uma moldura
  • d – inserir uma moldura a tracejado
  • o – moldura oval
  • s – moldura com sombra
  • x – moldura a 3D
  • Na parte da posição tratamos do alinhamento da figura na moldura com as tradicionais opções:
    • l – esquerda
    • t – topo
    • r – direita
    • b – fundo

Antes da linha \parpic podemos inserir vários comandos que influenciam a aparência do documento:

  • \picskip{n}, onde n define o número de linhas indentadas. Por defeito elas são indentadas até ao final da imagem.
  • \pichskip{distância}, marca a distância horizontal do texto à imagem.
  • \piccaption[]{legenda}, entre [] podemos inserir algumas opções como o nome que o programa dá à imagem usando \label{nome}, em legenda colocamos a legenda a colocar.

Encontramos mais informação sobre este package em:

http://www.ifi.uio.no/it/latex-links/picins.pdf