Para conseguir definir uma instrução num comando mais prático, podemos usar o comando:

\newcommand

Isto é muito útil para quem, ao longo de um texto, tem que usar muitas vezes uma mesma palavra ou frase ou mesmo um comando.

Exemplo:

Se usarmos muitas vezes o nome “Gomes Teixeira”, podemos definir no preâmbulo do documento a seguinte instrução:

\newcommand{\GT}{Gomes Teixeira}

A partir daí, sempre que se coloque no texto \GT, após a compilação, aparecerá Gomes Teixeira.


Nota: Pode acontecer que depois seja necessário o espaço depois de Teixeira, se tal ocorrer, deve-se colocar um til ~ após o comando: \GT~.

Se o que nós estamos a querer simplificar for um símbolo matemático, podemos recorrer ao comando \ensuremath para termos a certeza de entrarmos em modo matemático.

Exemplo:

Suponhamos que temos que inserir várias vezes a letra grega alfa. Só o podemos fazer estando em modo matemático, e por isso, a instrução completa terá de ser algo como:

$\alpha$

Para simplificar a tarefa, definimos no preâmbulo o seguinte:

\newcommand{\ag}{\ensuremath{\alpha}}

e agora, quando colocamos no texto a instrução \ag, temos o resultado pretendido e nem necessitamos entrar em modo matemático.