Quando escrevemos texto matemático e temos que usar parênteses ou chavetas (à frente referidos como delimitadores) a acompanhar fracções, expoentes ou sinais que sejam um pouco maiores que as letras normais, se não usarmos os comandos \left e \right, verificamos que os delimitadores não têm um tamanho correcto.

Mas se vamos escrever esses comandos por cada vez que usarmos delimitadores, a tarefa torna-se extremamente aborrecida.

Foi por isso que resolvi acrescentar ao preâmbulo dos meus documentos três linhas muito simples:

\newcommand{\PR}[1]{\ensuremath{\left[#1\right]}}
\newcommand{\PC}[1]{\ensuremath{\left(#1\right)}}
\newcommand{\chav}[1]{\ensuremath{\left\{#1\right\}}}

A primeira implementa o comando \PR que trabalha com Parênteses Rectos, a segunda o comando \PC para Parênteses Curvos e a terceira, para chavetas, acrescenta o comando \chav.

Estes comandos funcionam mesmo sem a utilização de um ambiente matemático, ou seja, podem ser usados no meio de um texto sem ser necessário recorrer a $$.

Exemplo

Para exemplo muito rápido, se a intenção for colocar \displaystyle \frac{1}{2} entre parênteses curvos então escrevo:

\PC{\frac{1}{2}}

Para os outros comandos deve-se proceder da mesma forma.
Este post pode ser especialmente útil ao usar a informação contida aqui.